Igreja Católica Apostólica Romana

Retiro ajuda jovens a descobrir a vocação sacerdotal

Jovens que expressaram interesse em entrar no Seminário se preparam para o Estágio Vocacional no final de Janeiro.

Retirantes em momento de palestra com o padre Marcelo Antônio Rosa, pároco na cidade de Paula Freitas

Vindos de oito paróquias da Diocese, 29 jovens participaram do Retiro Vocacional Masculino, realizado nos dias 17,18 e 19 de novembro. O Encontro que todo ano acontece no Seminário Diocesano Rainha das Missões, em União da Vitória, busca proporcionar aos jovens reflexões para um discernimento vocacional na vida sacerdotal.

Entre momentos de oração e palestras, conversas com os seminaristas e dinâmicas em grupo, os jovens passaram um final de semana diferente da rotina de cada um. Vindo pela segunda vez no Retiro, Jacksiel Mateus Cabral Pereira,18, da cidade de Rebouças, falou da importância que teve para ele o Encontro. “Vim a convite da Pastoral Vocacional da minha paróquia e motivado pelas duas ordenações de padres que participei este ano em minha cidade. Senti mais segurança com o Retiro, pois aprendi que a caminhada do seminarista também é um discernimento, e não que entrando no Seminário o jovem seja obrigado a ir até o fim e se ordenar padre”, expressou o jovem.

Retirantes  em momento de Oração, com os seminaristas Damião e Marcelo.

Jacksiel que tomou a decisão de entrar no Seminário em 2018 explicou também como foi seu discernimento desde o Retiro do mês de junho. “Nesse meio ano busquei rezar mais para ver mesmo se entraria no Seminário, e procurei conversar com pessoas da Igreja para ouvir testemunhos de um discernimento procurando identificar com minha história”, testemunhou convicto Jacksiel.

Segundo o vocacionado, a vocação tem seus sinais quando uma pessoa ama aquilo que faz e não vê a atividade como um peso. “Até hoje eu ainda não encontrei algo que me preencha totalmente. Sinto que minha vida de Seminário será um tempo bom, pois já estou amando vir para cá”, relatou ele entusiasmado.

Jovens retirantes, de São João do Triunfo, no momento das apresentações.

Além dos dois Retiros Vocacionais que são realizados durante o ano, o Seminário Diocesano realiza ainda o Estágio Vocacional no mês de janeiro, para os jovens que irão ingressar no Seminário. Jacksiel elogiou a oportunidade que o Seminário oferece aos jovens para a busca da descoberta da vocação sacerdotal. “É muito importante este trabalho que vocês fazem. Por mais que aparente ser só um Encontro, um minuto que você escute as falas no Retiro pode mudar a tua vida. Algo muda em você”, declarou.

Outro jovem que irá ingressar no Seminário em 2018 é Felipe Gustavo Grochovsk, 17, da paróquia Nossa Senhora das Graças e São José, de General Carneiro. Tendo participado de oito Retiros, Felipe relata que desde pequeno brincava de rezar missas e na cerimônia de eleição do Papa Francisco se questionou sobre sua vocação. “Quando assisti pela televisão pensei: E se eu fosse um padre e cuidasse de uma comunidade? O Retiro faz perceber como é a vida de um padre, que não só reza missas, mas faz outra atividades”, comentou Felipe.

Relatando do seu discernimento desde o Retiro do mês de junho, Felipe diz que procurou seu pároco e foi fortalecendo sua vontade de entrar no Seminário. “Mesmo deixando minhas atividade na comunidade, sinto que poderei crescer e poder colaborar mais com a Igreja sendo seminarista e buscando o sacerdócio”, relatou ele.

Da esquerda: Felipe, de General Carneiro, e Jacksiel, de Rebouças, estão decididos a ingressar no Seminário em 2018.

Além destes dois vocacionados, mais quatro jovens pretendem ingressar no Seminário em 2018. O próximo passo para eles é participarem do Estágio Vocacional nos dias 27 e 28 de Janeiro onde haverá mais um momento de convivência e será repassado algumas orientações antes do início do Ano Letivo, em meados de fevereiro.

Texto e fotos: Pe. Marcelo S. de Lara
Assessor da Pascom

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

*