Igreja Católica Apostólica Romana

Padre de Irati será ordenado bispo em Ponta Grossa

Nesta sexta-feira, 22, a Igreja Católica do Paraná tem a alegria de festejar a ordenação episcopal de um padre paranaense. Nascido no município de Irati, padre Mário Spaki tem 46 anos de idade e 15 anos de sacerdote. Pertencente à diocese de Ponta Grossa, padre Mário estava até o momento atuando em Curitiba, na sede da CNBB Sul 2, como secretário executivo, onde assessorava projetos pastorais para toda a Igreja do Paraná.

Biografia: Mário Spaki

Natural de Irati (PR), padre Mário Spaki nasceu no dia 14/12/1971. Cursou Teologia pela Faculdade Gregoriana de Roma e Filosofia no Instituto de Filosofia e Teologia Mater Ecclesiae (IFITIME), da diocese de Ponta Grossa. Foi ordenado presbítero em 2003, na Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em Irati (PR), por dom João Braz de Aviz. Entre suas atividades pastorais destacam-se a função de presidente da Comissão Regional dos Presbíteros do Paraná; secretário da Comissão Nacional dos Presbíteros do Brasil; reitor do Seminário São José e secretário-executivo do regional Sul 2 da CNBB há 7 anos, já reeleito em março de 2015.

NOMEAÇÃO E ORDENAÇÃO

Escolhido como bispo pelo papa Francisco, no dia 25 de abril deste ano, padre Mário Spaki será sagrado bispo na Catedral Santa’Ana, de Ponta Grossa, na missa das 18h, e terá como bispos ordenantes: Dom Sérgio Arthur Braschi, bispo da Diocese de Ponta Grossa, Dom João Bosco Barbosa de Sousa, bispo da diocese de Osasco (SP), e Dom Anuar Battisti, arcebispo da arqui(diocese) de Maringá (PR). 

Escolhido para assumir a Diocese de Paranavaí, no Paraná, Dom Mário Spaki tomará posse de sua primeira diocese, no dia 08 de julho, às 16h, na Catedral Maria Mãe da Igreja. A data de sua Posse estará em sintonia com a celebração jubilar dos 50 anos da Diocese. Padre Mário Spaki será o quinto bispo da Diocese de Paranavaí, que atualmente conta com 34 paróquias e 43 padres. O último bispo da diocese, desde 2011, foi dom Geremias Steinmetz, atual arcebispo da arqui(diocese) de Londrina – PR.

O Lema escolhido para o seu episcopado é: “Fitando-o, amou”, do Evangelho de (Mc 10,21).

Em espírito de alegria, fraternidade e comunhão, a Diocese de União da Vitória será representada pelo padre Mário Fernando Glaab, administrador diocesano, e outros membros do clero.

A celebração será transmitida pela rádio Santana, de Ponta Grossa, e pela TV Evangelizar, do padre Reginaldo Manzotti.

Mário Spaki, iratiense de 47 anos, ordenado sacerdote em 2003, em Ponta Grossa, terá sua ordenação episcopal marcada para esta sexta-feira (22), às 18 horas, na Catedral Sant’Ana!

Publicado por ARede em Quinta-feira, 21 de junho de 2018

Texto: Marcelo S. de Lara
Setor de Comunicação
Diocese de União da Vitória
Foto destaque (Diocese de Ponta Grossa/Divulgação)

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

*