Igreja Católica Apostólica Romana

Novas Diretrizes Gerais e Eleição da presidência da CNBB serão assunto na Assembleia dos Bispos iniciada nesta quarta-feira

A atuação da Igreja no mundo urbano é o foco do documento das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora que será aprovada na 57ª Assembleia dos Bispos.

Iniciou na manhã de hoje,  1º de maio,  a 57ª Assembleia Geral (AG) dos Bispos do Brasil. Participam segundo o Estatuto da CNBB, os 309 bispos na ativa (com direito a voto), os 171 eméritos, os administradores apostólicos e representantes de organismos e pastorais da Igreja. O novo bispo da Diocese de União da Vitória, Dom Walter Jorge Pinto, que tomou posse no sábado, 27 de abril, também se faz presente.

Da esquerda, na segunda cadeira, Dom Walter Jorge, novo bispo de União da Vitória, na Assembleia, com os bispos do Regional Sul 2. Foto: Jornalismo Regional Sul 2.

 

O Evento que vai até o dia 10 de maio, acontece no Centro de Eventos Padre Vitor Coelho de Almeida do Santuário Nacional de Aparecida (SP). “Nossa Assembleia se resume em três palavras: Participação, Comunhão e Missão”, disse na manhã de hoje, Dom Sérgio da Rocha, atual presidente da CNBB.

Áudio de Jorge Teles – Jornalista de Guarapuava – PR.

OBJETIVOS DA AG:

Este ano, a AG tem a tarefa central de atualizar as Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora (DGAE) da Igreja no Brasil para o quadriênio 2019 a 2023. A versão que os bispos aprovarão na 57ª AG, produzida inicialmente pela Comissão  Especial sobre a atualização das Diretrizes da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil (DGAE) 2019/2023, foi objeto de sugestões e emendas dos bispos do Brasil, dos organismos e pastorais. Sua atualização teve início ainda na 56ª AG do ano passado quando os bispos apontaram as primeiras sugestões.

O arcebispo de São Luiz (MA) e presidente do Regional Nordeste 5, dom José Belisário da Silva, coordenador dos trabalhos desta comissão, lembra que a atuação da Igreja no mundo urbano, conforme já amadurecido pelos bispos do Brasil, é o foco do documento. “O texto reforça que vivemos uma cultura urbana, com predominância no país das grandes cidades”, acentua

Estrutura do documento – DGAE 2019-2023

O texto está estruturado em 4 partes.

A primeira, que inclui uma introdução e o 1º capítulo, aprofunda os rumos da Igreja no mundo urbano atual.
O 2º capítulo aprofunda o olhar dos discípulos missionários;
O 3º capítulo trata da ideia-força da Igreja nas Casas, retomando a inspiração das primeiras comunidades cristãs;
O 4º, e último capítulo, constitui-se de indicadores que apontam sobre qual que maneira a Igreja em Missão no Brasil pode estar presente da melhor maneira possível neste novo mundo urbano.

O desafio, após a 57ª AG, será…

…transformar estas Diretrizes em projetos pastorais que, respeitando a unidade da Igreja em todo o Brasil, respondam às realidades regionalmente diversificadas.

                                     Imagem do Documento das Diretrizes até esse ano. Imagem Divulgação.

 

As quatro partes das DGAE estão estruturadas a partir da imagem da comunidade cristã como “casa”. No centro, como eixo, está a Comunidade Eclesial Missionária, sustentada por “quatro pilares”: Palavra, Pão, Caridade e Missão.

Segundo Dom Sérgio da Rocha, as Diretrizes são importantes antes da aprovação da eleição da Nova Presidência, pois são elas que irão nortear a dinâmica pastoral da Igreja. “A Nova presidência aprovada deve caminhar dentro das Diretrizes aqui aprovadas, pois elas dão a dinâmica da unidade pastoral em nossa igreja do Brasil”, declarou o atual presidente da CNBB. 

ELEIÇÃO DA NOVA PRESIDÊNCIA DA CNBB

A 57ª AG da CNBB irá também eleger a nova presidência da CNBB para o próximo quadriênio. A presidência da CNBB é composta do presidente, vice-presidente e secretário-geral. A assembleia também elege 12 presidentes das comissões episcopais pastorais e o delegado e o suplente junto ao Conselho Episcopal Latino Americano (Celam).

                                                       Atual Presidência da CNBB. Imagem fonte – SGCP.

 

OUTROS TEMAS DA ASSEMBLEIA:

Relatório do quadriênio, assuntos de liturgia, textos litúrgicos – CETEL, assuntos de Doutrina da Fé, relatório econômico e conjuntura eclesial: avaliação da Igreja no Brasil e da CNBB. Também serão abordados, no âmbito dos temas diversos, a análise sociopolítica do Brasil, a Campanha da Fraternidade em 2021, definição das Comissões Episcopais Pastorais e a 6ª Semana Social Brasileira.

12 COMUNICAÇÕES SOBRE DIVERSOS TEMAS:

Laudato Si, Mês Missionário Extraordinário, Programa Missionário Nacional, Bispos Eméritos, Sínodo sobre os jovens, Sínodo Especial para a Pan Amazônia, Congresso Eucarístico Nacional, Comunhão e Partilha, Comissão para a Causa dos Santos, entre outros. Esta edição prevê, inicialmente, duas mensagens e carta final sendo uma ao papa Francisco e outra ao prefeito da Congregação para os Bispos.

PROGRAMAÇÃO DA AG.

  • Início dia 01 de maio, às 7h30, com uma missa no Santuário Nacional de Aparecida.  
  • A cerimônia de instalação da AG no mesmo dia, às 9h15, no auditório do Centro de Eventos Padre Vítor Coelho, aberta à imprensa. 
  • Todos os dias – exceto no domingo, dia 05 – Missas com laudes, das 7h30 às 8h45, no Santuário Nacional de Aparecida. Haverá transmissão ao vivo pelas emissoras católicas de rádio e televisão.
  • Sessões dos trabalhos da Assembleia: 02 pela manhã (9h15 às 12h45) e 02 à tarde (15h40 às 19h30).
  • Entrevistas Coletivas: às 15h, na Sala de Imprensa do Centro de Eventos, com a presença de três bispos designados pela Presidência da Assembleia. O porta-voz será o presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação, dom Darci Nicioli.
  • O retiro dos bispos: dia 04/05, às 15h até no domingo, 05/05, às 11h30, com missa no Santuário.
  • A cerimônia de Posse da nova presidência: dia 10/05 às 10h30. Na sequência a cerimônia de encerramento, no Centro de Eventos.

                         Bispos na 57ª Assembleia Geral, na manhã de 1º de maio, abertura da Assembleia. Foto – Marcelo S. de Lara.

*Informações mais detalhadas: Equipe da Assessoria de Imprensa da CNBB – fone 61 2103-8313

Fonte: Site CNBB Nacional
Postagem: Marcelo S. de Lara
Setor de Comunicação
Diocese de União da Vitória

GALERIA DE FOTOS

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

*