Igreja Católica Apostólica Romana

José Maurício: o milagre de Irmã Dulce

José Maurício Bragança Moreira, que recebeu o milagre por intercessão de Irmã Dulce, contou ao Vatican News como a conheceu e como aconteceu o milagre.

Padre Arnaldo Rodrigues – Cidade do Vaticano

No dia 13 de outubro de 2019, no Vaticano, o Papa Francisco canonizará 5 novos beatos. Dentre estes que serão elevados aos altares, encontra-se a nossa Beata Brasileira, Irmã Dulce. Para que uma pessoa seja reconhecida canonicamente como santa, são necessários dois milagres: um para a beatificação e outro para a canonização.

Irmã Dulce

.

José Maurício, foi o milagre esperado para que a Beata Irmã Dulce fosse reconhecida oficialmente como a primeira Santa Brasileira. Conhecida como “Anjo bom da Bahia”, poderíamos afirmar que tornou-se o “Anjo bom do Brasil”.

José Maurício Bragança Moreira é músico e Maestro, casado e natural de Salvador, na Bahia. Tem 50 anos, é filho de Ernesto Lula Moreira e Therezinha Bragança Moreira, falecidos, também baianos e amantes da música como ele.

Em uma entrevista ao Vatican News, José Mauricio nos contou um pouco sobre a sua relação de admiração e fé com a Beata Irmã Dulce.

Vatican News – Como o senhor conheceu a Irmã Dulce? 

Por ser conterrâneo de Irmã Dulce e viver na mesma cidade que ela, desde a minha infância, presenciei tanto meu avô materno quanto o meu pai fazendo doações para ajudar as divinas obras sociais de Irmã Dulce. E tive o prazer de encontrá-la por três vezes na vida.

Em uma dessas três ocasiões quando fui menor aprendiz do Banco do Brasil, com 16 anos . Ela esteve na agência em que eu trabalhava autografando o livro que falava das suas obras. Neste dia me aproximei dela e pedi que ela autografasse o meu livro.

“ Neste momento, segurei a sua mão e dei um beijo foi aí que ela puxou a minha mão e a beijou também. Isso só confirmou o grande ser humano o qual eu já sabia que ela era. ”

Qual foi a sua enfermidade? Como aconteceu o milagre?

Eu era cego dos dois olhos e no meio de uma crise inflamatória dos olhos num momento de muita dor peguei a imagem de Irma Dulce levei até os meus olhos e pedi que ela aliviasse a minha dor. Algumas horas depois o meu olho começou a voltar a enxergar. Dando a mim muito mais do que eu pedi pois nunca pedi para voltar a enxergar porque era impossível.

O que representa Irmã Dulce para a Bahia, para o restante do Brasil e para você?

Para a Bahia, Irma Dulce representa uma fonte divina de amor, carinho, dedicação ao próximo e entrega total a causa humana principalmente aos pobres. Para o Brasil ela é um exemplo de fé e luta, e para mim Irma Dulce representa o poder de interceder por nós até na enfermidade.

“ Irma Dulce representa a luz e a força de Deus. ”

Fonte: Vatican News

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.