Igreja Católica Apostólica Romana

Padre nascido em São João do Triunfo celebrará 50 anos de sacerdócio

Pe. Pedro Gelinski. (Foto tirada no dia de seu jubileu em Imbituva).

Natural de São João do Triunfo, nascido no dia 24 de janeiro de 1941, padre Pedro Gielinksi, filho de Alberto Gielinski e Francisca Kudlaviec, comemorou no dia 29 de junho  50 anos de vida sacerdotal. Padre Pedro passou pelo Seminário São Vicente de Paulo, em Araucária, de 1956 a 1960 e fez o Noviciado no Seminário de Curitiba, de 1961 a 1963.  Religioso da Congregação dos padres Vicentino, fez seus votos no dia 25 de março de 1969, e foi ordenado padre  no dia 29 de junho de 1969, por Dom Pedro Fedalto.

De um família de 15 irmãos, padre Pedro tem ainda duas irmãs que são religiosas, Irmã Plácida Gelinski, da Congregação da Sagrada Família, com 60 anos de Vida Religiosa, e Joana Gelinski, com 45 anos de Vida Religiosa.

Padres que celebraram o Jubileu do Padre Pedro, em Imbituva. No centro abaixo, Dom Sérgio Braschi, bispo de Ponta Grossa. (Imagem: Site Congregação da Missão Província Sul).

 

Tendo celebrado no dia 29 de junho, os cinquenta anos de sacerdócio na cidade de Imbituva – PR, onde atua como vigário paroquial há 3 anos, padre Pedro irá também irá celebrar seu jubileu em sua cidade natal, São João do Triunfo, neste domingo, 07 de julho, na missa das 9h.

Pe. Pedro Gelinski. (Imagem Site Congregação da Missão).

Da mesma forma como a paróquia de Imbituva realizou uma Semana Vocacional, em preparação aos festejos, a paróquia São João Batista, de São João do Triunfo também iniciou nesta semana um Tríduo Vocacional, com visitas às escolas e celebração nas comunidades por Irmãs Religiosas Vicentinas e da Sagrada Família, juntamente com seminaristas. Ainda neste sábado, 06, será realizado um encontro com jovens, após a Santa Missa das 19h.

Entre suas atividades no Ministério, padre Pedro foi professor no Seminário de Araucária e diretor do Curso Clássico e do Curso Filosófico – Abranches, 1980. Em 1981, foi vigário paroquial de Abranches e professor no Seminário de Orleans. No ano de 1983, assumiu o papel de pároco de Ivaí e Superior da Casa. Em 1989, foi eleito Conselheiro Provincial e Assistente Provincial.

Em 1993, foi designado pároco de Curiúva. Em 2003, tornou-se pároco da Paróquia Nossa Senhora das Dores, em Araucária. E, em 2006, pároco de São Jerônimo da Serra.

Postagem: Setor de Comunicação
Diocese de União da Vitória

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.