Igreja Católica Apostólica Romana

‘Terço dos Homens’ lota o salão da Matriz São Mateus com mais de oitocentos membros

“O ‘Terço dos Homens’ aparece hoje como uma bênção de Deus para o nosso tempo. A Igreja propõe que se formem unidades eclesiais missionárias. O ‘Terço dos Homens’ já aparece como um prenúncio de algo semelhante".

Caravanas de cidades do sul do Paraná e norte de Santa Catarina, com membros do Movimento do ‘Terço dos Homens’ estiveram na Matriz São Mateus, em São Mateus do Sul, no dia 22 de setembro, para o 6º Encontro Interestadual do Movimento. A Diocese de União da Vitória, que sediou o encontro marcou presença na participação e na organização, incluindo a animação do evento.

Uma das palestras ministradas na parte da manhã foi feita por Ivone Magnani Pasquali, que falou sobre ‘Família, Vocação Cristã’. Em entrevista ao Setor de Comunicação da Diocese, Ivone falou que abordar o assunto para o Grupo é abrir os olhos para os problemas que as vezes famílias que estão na Igreja também enfrentam. “Nós que estamos dentro da Igreja também temos nossos problemas familiares, e devemos constantemente buscar curar aquilo que impede a família ser o desejo de Deus. Há casais que separam porque não trabalharam dentro de si as mazelas que ficaram no dia a dia”, comenta ela.

Ivone Pasquali.

Ao falar de sua opinião sobre o novo Movimento que vem crescendo no Brasil, Ivone disse que é um sinal do que Nossa Senhora disse em Fátima. “Se eles viverem esse Terço também em casa, é um grande sinal do que Nossa Senhora disse em Fátima, que o seu Imaculado Coração triunfará. Isso é um triunfo, uma oração que chega ao coração de Deus. Eu acho o ‘Terço dos Homens’ um sinal do céu”, acredita a coordenadora da RCC.

Ivone Pasquali:

Atentos, os participantes também acompanharam as reflexões do padre Mário Glaab, que falou sobre os ‘Dogmas Marianos’. Em entrevista ao jornal da Diocese, padre Mário declarou que tal estudo deve ajudar os membros a viverem melhor sua fé e devoção no dia a dia. “Todos esses Dogmas têm uma implicância em nossa vida. Se falarmos que Maria é mãe de Jesus, é o mesmo que dizermos que ela é mãe de Deus e, portanto, sendo a serva do Senhor, se torna modelo para nós. Nossa devoção deve ser aprofundada fazendo a oração se tornar vida no dia a dia”, explicava o padre.

Padre Mário:

Vindo da cidade e Diocese de Joinville – SC, Muriel Nunes,32, faz parte do Grupo de Jovens de sua cidade, mas também está no ‘Terço dos Homens’, e conta que busca divulgar essa devoção em sua diocese, pelas redes sociais. “Estou no ‘Terço dos Homens’ para fomentar essa devoção à Virgem Maria. Eu levo o Terço de forma online, para que as pessoas das Redes Sociais saibam o verdadeiro sentido dele. Posso dizer que o ‘Terço dos Homens’ foi uma base para eu fazer outros eventos católicos, e cada vez mais tenho uma melhor intimidade com Nossa Senhora”, partilha Muriel.

Muriel Nunes:

Conduzido pelo padre Emerson Toledo, a Récita do Terço, que se deu às 13h30, foi um momento de meditação e louvor à Nossa Senhora. Junto com o padre, cinco representantes dos Grupos conduziam as dezenas, enquanto o grupo de cantos intercalava com canções marianas.

Enquanto o encontro era realizado no salão, padres da Diocese atendiam as confissões dos fiéis. A Santa Missa, presidida por Dom Walter Jorge, bispo da Diocese de União da Vitória, contou com a presença de dez padres e dois diáconos permanentes (casados). Em sua primeira saudação aos Grupos, Dom Walter Jorge disse que Deus está chamando a Igreja por meio da Mãe que Ele deu para a humanidade, e aos homens para participarem mais fielmente da Igreja. “Que importante ver que os filhos de Deus estão respondendo à ‘Mãe’ que nos conduz ao Filho, que nos torna filhos de Deus. Que bonito ver vocês rezando o Terço”, elogiou o bispo.

Na sacristia, em entrevista ao jornal da Diocese, Dom Walter Jorge falou da importância desse novo Movimento na Igreja. “O ‘Terço dos Homens’ aparece hoje como uma bênção de Deus para o nosso tempo. A Igreja propõe que se formem unidades eclesiais missionárias. O ‘Terço dos Homens’ já aparece como um prenúncio de algo semelhante. Percebo que nesse Movimento há também a meditação da Palavra e muita ajuda mútua entre os membros. A Igreja está observando o ‘Terço dos Homens’ e vendo-o com muita simpatia, como algo que vem de Deus”, atesta o bispo diocesano.

Dom Walter Jorge:

Motivados pelo encontro, os participantes saíram da celebração animados e partilhando entre eles a alegria da experiência vivida durante aquele dia. Muitos vieram com a esposa e filhos (as). Para uma melhor comodidade, o Movimento preparou também um espaço próprio para as crianças, com atividades que lhes preencheram todo o dia.

O próximo Encontro Interestadual foi anunciado sendo na cidade de Joinville – SC, na paróquia Santo Antônio, no dia 16 de agosto de 2020.

Texto e fotos: Marcelo S. de Lara
Setor de Comunicação
Diocese de União da Vitória

Momentos do Encontro:

GALERIA DE FOTOS

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.