Igreja Católica Apostólica Romana

Frei Paulo e Frei Edson são admitidos às Ordens Sacras

O dia 15 de novembro foi histórico e marcante para a comunidade dos Frades Franciscanos Servos Missionários do Espírito Santo, que realizam o serviço social e espiritual das Instituições ACARDI I e ACARDI II, e que atuam na paróquia São Sebastião, em União da Vitória.

Dom Walter Jorge, com membros da Comunidade Franciscana, o superior Frei Jesus, padre Evaldo, padre Marcelo A. Rosa.

 

Após quatorze anos da última ordenação sacerdotal de um dos membros da Congregação, padre Frei José de Jesus, hoje superior da Comunidade Franciscana na Diocese, dois frades receberam a Admissão às Ordens Sacras, uma das etapas da formação ao sacerdócio, que configura a aceitação por parte do Bispo, do Colégio dos Consultores e de Superiores da Congregação para que o seminarista possa continuar sua caminhada rumo ao sacerdócio.

Realizado dentro da Santa Missa, na Capela da ACARDI I, a Admissão às Ordens Sacras foi concedida aos Frades: Frei Paulo Roberto R. Cardoso, 36, e Frei Edson, 26. A celebração presidida por Dom Walter Jorge, bispo diocesano, contou com outros padres da Diocese, seminaristas diocesanos e da Congregação, Irmãs Franciscanas que cuidam do Abrigo Santa Clara, benfeitores da Instituição e alguns idosos que residem na ACARDI.

Frei Paulo (camiseta branca) e Frei Edson (no canto direito), momentos antes do Rito de Admissão , na Capela da ACARDI I.

 

Frei Jesus, Superior da Congregação destacou na celebração a importância do momento. “O bispo definiu em poucas palavras dizendo que essa celebração garante o futuro da comunidade, preparando mais dois futuros sacerdotes. É um dia histórico para nós. Tínhamos dois padres e um diácono permanente. Frei Pedrinho faleceu e de padre fiquei apenas eu”, explica Frei Jesus, expressando gratidão pela celebração.

Áudio Frei Jesus:

Após receberem as vestes, os Freis são cumprimentados pelo bispo diocesano e pelo Superior da Congregação.

Para Frei Paulo, o passo dado o faz se sentir mais integrado na Diocese, mesmo que seu trabalho ainda esteja focado na ACARDI. “Eu me comprometi com os votos religiosos, mas agora me sinto mais pertencente a esta diocese. Meu trabalho na ACARDI me faz olhar para as pessoas com mais amor e com mais carinho ao semelhante. Olhando para esses idosos vejo o quanto o dom da vida é valioso”, comenta o Frei, da sua vivência.

Áudio Frei Paulo: 

Hoje com 26 anos de idade, Frei Edson que também foi admitido às Ordens Sacras, comenta que sua decisão em seguir a vida religiosa se deu pelo testemunho dos padres em sua paróquia de origem, em Marabá (PA), que vinham de lugares e até outros países com missionários. A celebração confirma sua resposta ao querer se doar na vida religiosa, quando vendo o testemunho dos padres, se perguntava no coração: O que eu posso fazer para servir a Deus? “Nesta celebração estou selando a resposta que dei a alguns anos atrás. Hoje me disponho ainda mais a servir ao Senhor, e de modo particular no nosso Carisma de serviço aos pobres”, partilha Frei Edson.

A santa missa com o Rito de Admissão se deu às 17h, e na sequência houve um momento de confraternização no salão de festas da Instituição.

Texto: Marcelo S. de Lara
Setor de Comunicação
Diocese de União da Vitória

MOMENTOS DA CELEBRAÇÃO:

GALERIA FOTOS

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.