Igreja Católica Apostólica Romana

Papa celebra com necessitados o ‘Dia Mundial dos Pobres’

“Os pobres são preciosos aos olhos de Deus, porque não falam a linguagem do eu”.

Na manhã de domingo (17) o Papa Francisco celebrou na Basílica de São Pedro a Missa comemorativa para o 3º Dia Mundial dos Pobres.

Em um dos trechos da homilia como tema a citação de Lucas na qual alguém elogiava a magnificência do templo de Jerusalém, e Jesus disse não ficará ‘pedra sobre pedra’ (Lc 21, 6), o Pontífice refletiu que quase tudo passará: quase tudo, mas não tudo”. Segundo as palavras de Jesus “a desmoronar-se, a passar são as coisas penúltimas, não as últimas: o templo, não Deus; os reinos e as vicissitudes da humanidade, não o homem”.

                   Papa Francisco no momento da homilia, na Celebração do ‘Dia Mundial dos Pobres’. Foto Site Vatican News.

 

“Como antídoto à pressa, Jesus propõe-nos hoje a cada um a perseverança”, e explica:

“ A perseverança é avançar dia a dia com os olhos fixos naquilo que não passa: o Senhor e o próximo ”

“Os pobres são preciosos aos olhos de Deus, porque não falam a linguagem do eu: não se aguentam sozinhos, com as próprias forças, precisam de quem os tome pela mão”. Então o Papa convida “quando os ouvimos bater à nossa porta, podemos receber o seu grito de ajuda como uma chamada para sair do nosso eu, aceitá-los com o mesmo olhar de amor que Deus tem por eles. Como seria bom se os pobres ocupassem no nosso coração o lugar que têm no coração de Deus!”.

                                                                                                          Foto : Facebook Vatican News.

 

Depois da Missa o Papa rezou o Angelus com os fiéis e peregrinos reunidos na Praça São Pedro, e depois agradeceu: A minha gratidão vai para todos aqueles que, nas dioceses e paróquias de todo o mundo, promoveram iniciativas de solidariedade para dar esperança concreta às pessoas mais desfavorecidas. Agradeço aos médicos e enfermeiros que prestaram serviço nestes dias no Posto de Saúde aqui na Praça São Pedro.

O almoço com o Pontífice que contou com 1.500 pessoas necessitadas, para testemunhar a “atenção que nunca deve faltar a estes nossos irmãos e irmãs” foi realizado na Sala Paulo VI. “Minhas boas-vindas a todos. Desejo que hoje o Senhor abençoe a todos nós: que Deus nos abençoe nesta reunião de amigos, neste almoço e também bênçãos às suas famílias. Que o Senhor abençoe a todos. Obrigado e bom almoço”.

           Imagem de Francisco no momento do almoço com os necessitados, na Sala Paulo VI. Foto Site Vatican News.

 

O almoço para os pobres foi servido por 50 voluntários e colaboradores de associações de voluntariado. O menu oferecido pelo Papa era composto por: lasanha, picadinho de frango com creme de cogumelos, batata assada, sobremesa, frutas e café.

Informações: Site Vatican News

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.