Igreja Católica Apostólica Romana

Diocese de União da Vitória completa 43 anos de criação

A Diocese de União da Vitória completa hoje, 03 de dezembro, 43 anos de sua criação.

Foto da missa de sagração episcopal de Dom Walter Ebejer, em 06 de março de 1977. No centro Dom Walter Ebejer. À sua esquerda, Dom Geraldo Pelanda, bispo de Ponta Grossa na época, e padre José Chipanski. À direita, Dom Pedro Fedalto, arcebispo de Curitiba.

 

Criada pela Bula Pontifícia Qui Divino Consilio, do Papa Paulo VI, no dia 3 de dezembro de 1976, naquele momento, territorialmente a nova Diocese era constituída por áreas tiradas da Diocese de Ponta Grossa, da Arquidiocese de Curitiba e da Diocese de Guarapuava, sendo composta de onze municípios do sul do Paraná, com uma população de talvez menos de 200 mil habitantes.

Os municípios de General Carneiro e Bituruna, tirados da Diocese de Palmas, foram anexados a União da Vitória somente em 9 de fevereiro de 1984, com o Decreto da Congregação para os Bispos “De mutatione finium”. Isto fez com que a nova configuração territorial, agora com mais de 10.000 Km², colocasse a nova diocese no 9º lugar, territorialmente, entre as dezessete dioceses paranaenses do Rito Latino.

Para assumir a nova diocese do sul do Paraná, foi escolhido como seu primeiro bispo, padre Frei Domingos, de nome civil, padre Walter Michael Ebejer.

Lecionando no Studium Theologicum e na PUC – PR, em Curitiba, além de auxiliar como padre em uma paróquia, Frei Domingos, que então se tornaria Dom Walter Michael Ebejer, primeiro bispo de União da Vitória, havia feito antes um enorme trabalho como missionário no Norte do Paraná, depois no Litoral do Paraná, em um primeiro momento, no Estado de Goiás, quando veio de Malta (Ilha do Mediterrâneo) como missionário Dominicano para o Brasil. Foi quando esteve em Curitiba, que recebeu a notícia que fora escolhido bispo.

“Lá veio ao me encontro o Espírito Santo, e confundiu meus planos para o futuro, deixando-me perplexo até a última hora, quando tendo sido convocado para a Nunciatura Apostólica em Brasília, no dia 29 de novembro de 1976, recebi das mãos do Núncio Apostólico, Dom Carmine Rocco, a carta anunciando a escolha da minha pessoa, por sua Santidade o Papa Paulo VI, como primeiro bispo da diocese simultaneamente criada de União da Vitória. O Núncio me aconselhou ir rezar na Capela de Nossa Senhora, antes de tomar minha decisão.  No turbilhão de sentimentos e dúvidas, exatamente onde brotam casos de recusa do convite ao episcopado, veio à mente o pensamento que eu pessoalmente nunca pedi nada, nunca me ofereci para nada, não tendo sido jamais palaciano, ao contrário sempre trabalhava em lugares pobres e afastados. Se a decisão fora tomada por meus superiores tinha que refletir a vontade de Deus; seria perigoso remar contra a manifesta vontade de Deus… Escrevi a carta de aceitação e a entreguei a um oficial da Nunciatura e parti de volta para Curitiba.

No dia 6 de março de 1977, no Estádio Ferroviário, a Diocese de União da Vitória foi instalada, com seu primeiro bispo, Dom Walter Michael Ebejer sendo ordenado na mesma cerimônia. A celebração contou com a participação de mais de 14 bispos do Paraná e de Santa Catarina e do Núncio Apostólico Dom Cármine Rocco.

Na data de sua instalação, em 1977, a diocese tinha menos de 8.000 Km², com onze municípios, doze paróquias (sendo quatro no perímetro urbano de União da Vitória, com oito padres) e um total de 18 padres, sendo 4 seculares e 14 religiosos, com 4 municípios sem padres, mais 40 religiosas de várias congregações.

Hoje, comemorando 43 anos, a Diocese de União da Vitória conta com seu quarto pastor.

Guardamos no Coração amoroso de nosso padroeiro Sagrado Coração de Jesus, os demais bispos que governaram esta Diocese, padres, religiosos e religiosas e essencialmente a todos os leigos e leigas, lideranças hoje das 25 paróquias e aproximadamente 400 comunidades que se doaram e se doam pela evangelização nesta Igreja Particular.

À Dom Walter Michael Ebejer, nosso bispo emérito, hoje com 90 anos de idade, que com vigor acompanha nossa caminhada e reza por todos, nossa eterna gratidão pelo corajoso e amoroso ‘Sim’ dado no dia 29 de novembro de 1976, assumindo esta Diocese, criada oficialmente em 03 de dezembro de 1976.

Catedral Sagrado Coração de Jesus,  de 1917, em União da Vitória, cidade sede da Diocese.

Setor de Comunicação
Diocese de União da Vitória

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.