Igreja Católica Apostólica Romana

Matriz Nª. Sr.ª do Perpétuo Socorro recebe Bênção após ampliação

Passados um ano e meio desde o início dos trabalhos de ampliação, a Matriz Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em São Mateus do Sul, recebeu no dia 14 de dezembro, na missa das 19h, uma bênção por Dom Walter Jorge, bispo diocesano,  além da Consagração do novo altar (Mesa da Eucaristia).

Dom Walter Jorge, bispo diocesano, unge o novo Altar (Mesa da Eucaristia), com o óleo, como gesto de Consagração.

 

Além da presença do padre Sidnei Reitz, pároco, padre João Francisco Sieklicki, vigário paroquial, diácono permanente Luiz Francisco Huk, algumas autoridades civis, grande número de fiéis e lideranças leigas da matriz e de comunidades da paróquia se fizeram presentes, no momento que se tornou marcante para a comunidade paroquial.

Capela do Santíssimo, localizada na lateral do presbitério.

O trabalho de ampliação da matriz teve início em junho de 2018 e envolveu o aumento da nave da igreja, com espaço apropriado para a equipe de cantos e construção de um novo presbitério com sacristias mais amplas. Também foi construída uma capela para o Santíssimo e outra para o Ícone de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, sendo uma estampa réplica do ícone original que se encontra na igreja de Santo Afonso, em Roma. Contando também com ajuda de doações dos fiéis foi adquirida uma nova mesa do Altar e um novo Ambão (Mesa da Palavra). “Temos imensa gratidão a todos que colaboraram com sua generosidade para esta belíssima obra arquitetônica, a qual convida a todos a oração e contemplação”, manifesta o vigário paroquial.

Durante o tempo das obras, desde o dia 13 de maio à 15 novembro de 2019, as missas foram celebradas no salão da matriz. Mesmo com a conclusão interna da igreja e sua ‘Consagração’, alguns trabalhos da parte externa da obra como banheiros, confessionário, auditório, cúpula e pintura, ainda seguem.

A celebração contou com momentos da Unção da Mesa do Altar, a Incensação, e a Iluminação da igreja. Em sua homilia, Dom Walter Jorge relatou a importância da mesa do altar, sua centralidade na igreja e o devido respeito que se dever ter fazendo reverência diante dele. “Em cada missa, no altar se atualiza o ato perene da nossa Salvação, pois participamos da Ceia de Jesus e do seu Sacrifício Salvífico, entrando em comunhão com Ele, participando assim do Mistério da nossa Salvação. Por isso a Celebração Eucarística é o centro da nossa fé”, refletia o bispo diocesano.

Dom Walter Jorge:

O projeto arquitetônico da igreja foi doado pela arquiteta Walquíria G. S. Kuczera e sua sócia Jane dos Santos e a execução da obra foi realizada pela Construtora Gelinski, acompanhada pela Comissão da Construção e pelo CEP (Conselho Econômico Paroquial).

Informações: Pe. João Francisco Sieklicki.
Postagem: Setor de Comunicação
Diocese de União da Vitória.

GALERIA DE FOTOS

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.