Igreja Católica Apostólica Romana

Paróquia Nossa Senhora das Graças e São José

SETOR
Bituruna

Fundação:
06/01/1970

Secretária:

Expediente:
Segunda a sexta-feira: 8h30 às 12 e 13h30 às 17h30.

Dia do Padroeiro:
19 de março – São José
10 de dezembro – N. Sra. Das Graças

TELEFONE
(42) 3552 1248

E-mail:
par.gracas@dioceseunivitoria.org.br

Endereço:
Av, Getulio Vargas, 191
Caixa Postal 27
84660-000 – GENERAL CARNEIRO – PR

Missas:
Quarta-feira: 19h
Sábado: 19h
Domingo: 8h30

Pe. João Ari

Pároco: Pe. João Ari Schulz

SACRAMENTOS

Curso de Pais e Padrinhos e Batizados: Todo bimestre.

Primeira Eucaristia e Crismas: Consulte a paróquia.

Decreto de criação da paróquia

De fato, a paróquia de General Carneiro teve sua origem, com a supressão ou transferência da paróquia de São José, de Jangada do Sul, para a nova cidade surgindo mais para o sul: General Carneiro.

Foi decretada a criação da paróquia N. Sra. das Graças de General Carneiro, em 6 de janeiro de 1970, por Dom Geraldo Micheletto Pellanda, administrador da Diocese de Palmas.

Tendo como limites: ao norte, como ponto de partida nos limites do Município de Bituruna, e Rio Lageado Grande, seguindo os limites do Município de Porto Vitória e Estado de Santa Catarina com o Município de Porto União ao sul com limites de Santa Catarina; ao oeste também com Porto União, segue a Divisa do Rio dos Saltos, no Município de Palmas; seguindo ainda uma outra parte com limites do Município de Bituruna.

1º Vigário

Por despacho de 27 de janeiro de 1970, sua Exma. Revma. nomeava o 1º Vigário da Paróquia N. Sra. das Graças de General Carneiro, o Padre Leopoldo Melz, que tomou posso no dia 8 de março de 1970. Com abnegação cuidou da Paróquia, dava catequese semanalmente no Ginásio local e lecionava nas faculdades de Palmas e União da Vitória.

2º Vigário

Aos 29 de abril de 1973, Dom Agostinho José Sartori, Bispo Diocesano de Palmas nomeou o Padre Frei Bruno como novo vigário da Paróquia, em vista da transferência do Padre Leopoldo Melz para a Paróquia de Palmas.

No dia 4 de outubro deste mesmo ano o Vigário Pe. Frei Bruno encaminhou o requerimento ao Bispo Diocesano Dom Agostinho Sartori, pedindo jurisdição e faculdades para os Missionários: Frei Celestino Dotti, Frei Florêncio Geloim, Frei Eusébio Ferreto, Frei Domingos Rigon, Frei Tiago Luchese para pregar MISSÕES NA PARÓQUIA nos dias 4 a 11 de novembro.

A Paróquia toda mobilizou-se na participação maciça das atividades e celebrações das primeiras Santas Missões. As Indústrias pararam, os patrões e empregados compareceram, as autoridades e o povo tomaram parte com entusiasmo. Como deixou registrado por escrito no Livro Tombo o Vigário: “Bendita Missão que trouxe entusiasmo, vivência cristã, mais uma luz de harmonia e paz na Sede da Paróquia e nas duas capelas de São Sebastião do Iratim e de São José da Jangada do Sul”.

No dia 21 de outubro de 1980 foi nomeado como vigário interino da Paróquia N. Sra. das Graças o Padre Augusto Menegat, M.S., até o dia 15 de janeiro de 1981. No dia 4 de fevereiro foi nomeado o novo Vigário, o Revmo. Padre Carlos Blaszik. Tomando posse no dia 15 de fevereiro de 1981.

No dia 27 de fevereiro de 1981 chegaram as Irmãs Catequistas Franciscanas para trabalhar na Paróquia. Vieram as Irmãs: Madalena Sevegnani, Elza Totne e Odete Ferronato.

Na primeira reunião foram distribuídas as tarefas a cumprir: Irmã Odete assumiu a catequese em geral e o grupo de jovens. A Irmã Elza assumiu a visita aos doentes. A Irmã Madalena organizou o Apostolado da Oração. E todas juntas iniciaram a visita às famílias.

No dia 01 de maio de 1981, pela primeira vez na história da Paróquia N. Sra. das Graças de General Carneiro foi realizado o Curso de Preparação ao Matrimônio. Participaram deste curso 18 pessoas.

Festa de São Cristóvão:

As festas em General Carneiro eram sempre pouco concorridas. A razão disso era a falta de um atrativo. Organizou-se então a Festa e desfile de São Cristóvão saindo da Capela da Jangada do Sul, até General Carneiro. A participação de carros foi além das expectativas e assim, a partir do dia 19 de julho de 1981, todos os anos realiza-se a Festa de São Cristóvão.

No dia 27 de fevereiro de 1982, na Celebração da Santa Missa das 17h30., tomou posse o novo pároco da Paróquia, o Pe. Giuseppe Bertolli, na presença do Bispo Diocesano Dom Agostinho Sartori.

A 2ª Missão popular na Paróquia realiza-se nos dias 19 de novembro a dezembro de 1983. Os pregadores foram os Missionários Redentoristas de Ponta Grossa. Foi mais uma injeção e ânimo, e entusiasmo cristão no povo de General Carneiro.

No dia 13 de março de 1983 foi realizada a grande festa na Paróquia N. Sra. das Graças e São José em General Carneiro, em homenagem ao compadroeiro São José, patrono da Igreja Universal houve também a Bênção e inauguração da casa das Irmãs “São José”, da nova torre com sino eletrônico e da reformada porta central da Igreja Matriz. Tudo isso por Dom Agostinho José Sartori, DD. Bispo Diocesano.

Durante o sermão de Dom Agostinho, ele mesmo proclamou, à viva voz, São José compadroeiro da Igreja Matriz, junto com Nossa Senhora das Graças.

Decreto

-15 de Junho de 1983 Decreto Declaração de São José compadroeiro oficial da paróquia Nossa Senhora das Graças de General Carneiro, PR.

Dom Agostinho José Sartori, por mercê de Deus e da Santa Sé Apostólica, Bispo Diocesano de Palmas, PR.

Atendendo ao pedido insistente do atual pároco, Pe. Giuseppe Bertoli, para o incremento da Fé e da Vida Cristã nesta nossa amada Diocese incluir São José como Compadroeiro da Paróquia juntamente com N. Sra. das Graças. Tendo ouvido o parecer de todos a quem possa interessar, após devida reflexão e consideração das circunstâncias, no teor das presentes Letras e por Nossa Autoridade Ordinária, Nomine Domini Invocado, declaramos canonicamente e proclamamos oficialmente a São José  compadroeiro da Paróquia de Nossa Senhora das Graças de General Carneiro.

O presente decreto será transcrito integralmente no Livro Tombo da Paróquia, após ter sido lido ao povo fiel.

Dado e passado nesta cidade Episcopal de Palmas, sob o nosso Sinal e Selo de Nossas Armas, aos 15 de junho de 1983.

Após consultas prévias e consentimento mútuo entre os dois bispos interessados, foi oficializada pela Santa Sé a transferência para e a anexação dos territórios dos municípios de General Carneiro e Bituruna, à Diocese de União da Vitória.

Decretum

Ata da Incorporação dos Municípios de General Carneiro e Bituruna à Diocese de União da Vitória.

Aos dezenove de março de 1984, Dom Pedro Fedalto, Arcebispo metropolitano de Curitiba, delegado pelo Excelentíssimo e Reverendíssimo Senhor Núncio Apostólico do Brasil, Dom Carlo Furno, com data de 8 de março de 1984, executou o Decreto da Sagrada Congregação para os Bispos, datado de nove de fevereiro de 1984, pelo qual são incorporados à Diocese de União da Vitória os Municípios de General Carneiro e Bituruna pertencentes à diocese de Palmas, estando presentes os Excelentíssimos e Reverendíssimos Senhores Bispos de Palmas, Dom Agostinho José Sartori, OFMcap e de União da Vitória, Dom Walter Michael Ebejer, O.P.

 

Para constar lavrei a seguinte ata que estando de acordo será assinada por mim e pelos presentes Bispos.

Curitiba, 19 de março de 1984.

 

Chegada do novo Pároco da Paróquia Nossa Senhora das Graças e São José, em General Carneiro  PR.

Às 9h30, do dia 4 de março de 1984, chegou o novo Pároco, Pe. João Rubens Sinderski.

Encontravam-se presentes na casa Canônica os Bispos, Dom Agostinho Sartori e Dom Walter Michael Ebejer.

Às 10h, teve início a Santa Missa, presidida por  Dom Agostinho José Sartori e por Dom Walter Michael Ebejer, concelebrada pelo antigo pároco, o novo pároco, Pe. João Rubens Sinderski, o Vigário Geral da Diocese de Palmas, Pe. Osvaldo Tagliari, CSS, e dois diáconos da Diocese de União da Vitória, Antonio Kolodzieiski e Mario Fernando Glaab.

Durante a missa, com a Igreja “lotada” pelo povo de General Carneiro foi lida a Portaria de Nomeação do novo Pároco, Pe. João Rubens Sinderski, pelo Pe. Osvaldo Tagliari.

No dia 07 de junho de 1985 iniciou-se a construção da escadaria em frente a Igreja Matriz, dando início a concretização de um sonho antigo da comunidade paroquial.

A grande parte do material de construção está sendo doado por algumas firmas existentes no município e por pessoas particulares.

No dia 08 de agosto de 1985, às 14 horas, realizou-se a primeira assembléia paroquial, como paróquia pertencente à Diocese de União da Vitória.

Participaram desta assembléia as lideranças existentes e atuantes na Paróquia. Nesta ocasião, foram revistas as prioridades da diocese que são:

I  Intensificar a evangelização da família, sobretudo, através de grupos de reflexão, dando especial atenção às famílias carentes.

II  Intensificar a evangelização dos jovens, cultivando também entre eles as vocações à vida sacerdotal e religiosa.

III  Assumir mais a catequese, a liturgia e a promoção humana integral a nível de Paróquia, através de estruturas e projetos  próprios, coordenados pelo CPP  Conselho Pastoral Paroquial.

Das prioridades acima revistas conclui-se o seguinte: Na Paróquia está se dando muita atenção aos grupos de reflexão com formação das lideranças e elaboração de material próprio.

No dia 30 de maio de 1988 toma posse na Paróquia o Pe. Osmar Antonio Schroh, como Administrador Paroquial, exercendo seus serviços ao Povo de Deus até dezembro de 1991. Neste período realizou-se a 2ª Visita Pastoral do Bispo Diocesano D. Walter Michael Ebejer.

Em janeiro de 1992 toma posse como novo Administrador Paroquial o Padre Aquiles Ramos Berton do Clero Secular da Diocese de União da Vitória.

No dia 27 de janeiro de 1996 toma posse como Administrador Paroquial o Padre André que veio como Missionário da Holanda. Mas em junho de 1996 o Pe. André teve que voltar para a Holanda para regularizar sua documentação, e nunca mais voltou para o Brasil.

Ficou em seu lugar o Pe. Inácio Nalon, exercendo seus serviços pastorais até abril de 2001. Durante este período foi totalmente reconstruída a Igreja Matriz de General Carneiro, graças à generosidade de muitos benfeitores do Brasil e do estrangeiro e de todo o povo de General Carneiro.

Nos anos de 1990 a 1994, foram construídas as capelas de Nossa Senhora Aparecida, do bairro Planalto, e de São João, no bairro homônimo, ambas dentro do perímetro urbano. Está em via de formação uma numerosa comunidade no bairro São Miguel, próximo a BR 153, onde em breve, com certeza, será construída uma nova e ampla capela.

Entre muitos fatos notáveis realizados na Paróquia neste período foram as Santas Missões Populares pregadas pelos Missionários Saletinos do dia 02 de outubro a 02 de novembro de 2003. E os trabalhos continuam.

 

Notícias da Paróquia