Igreja Católica Apostólica Romana

Paróquia Nossa Senhora de Fátima

SETOR
Catedral

Fundação:
18/02/1973

Secretária:
Paula Majolo

Expediente:
Segunda a sexta-feira: 8h30 às 11h30 e 13h30 às 17h30
Sábado: 8h30 às 11h30

Dia do Padroeiro:
13 de maio

TELEFONE
(42) 3523 3060

E-mail:
par.fatima@dioceseunivitoria.org.br

Endereço:
Rua Frei Policarpo, 1472  – Bairro São Bernardo
84600­-408 – UNIÃO DA VITÓRIA –  PR        

Missas:
Segunda-feira, quarta e sexta e sábado: 19h
Domingo: 9h e às 19h

Pe. Iomar

Pároco: Pe. Iomar Otto

SACRAMENTOS

Curso de Pais e Padrinhos: Todo terceiro domingo (a cada dois meses) na missa das 9h.

Batizados, Primeira Eucaristia e Crismas: Consulte a paróquia.

Histórico

Em fins de 1960, D. Antonio Mazzaroto, Bispo Diocesano de Ponta Grossa, mandou adquirir um terreno no então bairro das Casas Populares, devendo ser construída uma capela em honra a Nossa Senhora de Fátima e São Bernardo. No dia 24 de setembro de 1961, foi lançada a pedra fundamental da futura capela.

Criação e instalação da paróquia

Tendo sido construída a capela e formada a comunidade através das Missões Populares, etc… pelo Decreto nº 61 de D. Geraldo Micheletto Pellanda, Bispo Diocesano de Ponta Grossa, foi criada, no dia 11 de janeiro de 1973, a Paróquia Nossa Senhora de Fátima de União da Vitória, desmembrada do território da Paróquia Sagrado Coração de Jesus, hoje Catedral.

A instalação da nova Paróquia e a tomada de posse do primeiro vigário (Pároco) deu-se no dia 11 de fevereiro de 1973, napresença de D. Geraldo, Bispo Diocesano. O vigário foi o Pe. Ladislau Maibuk, vindo da Paróquia Sagrado Coração de Jesus, que com empenho dedicou-se em providenciar a Casa Canônica e dependências, notando-se desde cedo a carência de recursos da Paróquia e a conseqüente necessidade de redefinição de territórios.

Com a morte do Pe. Ladislau em 05 de janeiro de 1976, o Bispo Diocesano designou o Pe. Estevão Hubert para atender a Paróquia, sendo nomeado vigário definitivamente em 12 de fevereiro do mesmo ano. Foi trabalhado de modo incansável nesse período. Pároco e leigos, com dedicação singular organizaram a Paróquia material e espiritualmente. Quando em 1976, foi criada a Diocese de União da Vitória, a Paróquia Nossa Senhora de Fátima estava em plena atividade, em todos os sentidos.

Construiu-se nesse período o majestoso salão paroquial, que até hoje serve a Paróquia. Pe. Estevão investiu muito na formação dos paroquianos, MECEs, catequistas, jovens, zeladores/as de capelinhas, etc.

Em outubro de 1979, realizou-se a 1ª visita pastoral do Bispo D. Walter à Paróquia, e o Pe. Estevão continuou à frente da comunidade até o dia 27 de dezembro de 1981.

Nova época para a paróquia

No dia 01 de janeiro de 1982 iniciou-se a nova época para a Paróquia Nossa Senhora de Fátima. Assumiu com vigário o Pe. Abel Zastawny que ficaria no cargo por vinte anos. A maneira de conduzir os trabalhos, naturalmente, seria outra. Estando materialmente equipada, a tônica da paróquia poderia endereçar-se mais ao atendimento dos fiéis. O restante se restringiu mais à conservação. Caiu em desuso o costume de fazer festas. As promoções se restringiam a jantares ou almoços. A ênfase estava na Pastoral do Dízimo. Sendo as celebrações bem participadas, não se tinha grandes dificuldades para manter financeiramente a Paróquia.

Uma vez que o Pe. Abel ausentou-se por dois anos, a fim de realizar seus estudos superioes em Roma, o Pe. Aquiles Ramos Berton, assumiu a Paróquia desde o dia 14 de agosto de 1983 até o dia 31 de julho de 1985. Merece especial destaque nesse período, a compra de um terreno, dentro dos limites da Paróquia, a fim de futuramente construir uma nova Igreja, que teria como padroeiro: São Judas Tadeu.

A construção da Capela São Judas Tadeu, porém, foi iniciada bem mais tarde, quando voltou de Roma, assim como a casa paroquial, tendo em vista que logo, quando possível, seria desmembrada da Paróquia para também ela ser elevada a essa categoria; o que ocorreu quando o Pe. Abel deixou o cargo de pároco da paróquia Nossa Senhora de Fátima no dia 29 de dezembro de 2001, assumindo no dia seguinte a recém criada Paróquia São Judas Tadeu, desmembrada na maior parte da Paróquia Nossa Senhora de Fátima.

Pároco atual

No dia 29 de dezembro de 2001 assumiu o cargo de Pároco da Paróquia Nossa Senhora de Fátima, o Pe. Mário Fernando Glaab, que continua até hoje.

Ele encontrou a comunidade em andamento. Com mais uma Paróquia na cidade, e como esta fora composta territorialmente em grande parte da Paróquia N. Sra. de Fátima, exigiu-se uma remodelação das atividades ordinárias. O povo ficou dividido e diminuído com lacunas até nas lideranças do povo em geral, muitos deixaram de freqüentar a Paróquia de origem. As coisas se cumplicaram até financeiramente. A CAF, diante da situação, viu a necessidade de organizar novas atividades para angariar fundos. Foi necessário até a diminuição de funcionários, onerando mais a cozinheira e o pároco.

Destaques

São dignos de menção alguns acontecimentos e algumas pessoas da Paróquia.

– Primeiramente, destacamos que grande parte do território da paróquia está em área de risco, próximo ao Rio Iguaçu, e bem conhecemos as conseqüências nefastas que uma enchente sempre provoca, prejudicando as residências das pessoas, além de espalha-las pela cidade afora. Todo andamento da Paróquia é prejudicado e alterado. Para dar um exemplo, a matriz e a casa paroquial ficaram alagadas duas vezes, nas grandes enchentes; várias vezes ficaram ilhadas.

– Em segundo lugar, existem algumas pessoas que fizeram e ainda fazem história com e na Paróquia. Destaca-se especialmente o Sr. Germano Klein que foi presidente da mesma por somente 33 anos! É até hoje uma presença honrada entre os mais jovens. A Dona Gentil Schroh, juntamente com sua equipe de senhoras, é outra pessoa que caracteriza o Bairro São Bernardo. Sua dedicação e capacidades são simplesmente admiráveis. Na catequese temos um grupo de catequistas muito bom, e entre os destaques indiscutíveis temos a Sra. Áurea e não é justo esquecer os venerandos Demétrio Mitzko, Elisário Marques e a Dona Rosália Bordignon que, como MECEs, fizeram e fazem história.

A lista poderia se estender se fizéssemos nomear as contribuições de todos, mas não vem ao caso citá-los todos aqui. Cabe-nos a incontida gratidão pelos paroquianos de ontem e de hoje.

E não podemos deixar de citar a Ordenação Diaconal de um de seus membros no dia 06 de agosto de 1999. Nesse dia, Marcos Antonio Benvenutti, em uma concorrida missa, diante de seus familiares e numerosos padres, foi ordenado Diácono Permanente, estando desde então sempre disposto para ajudar o Pároco naquilo que está ao seu alcance.

Que Deus seja louvado por tudo de bom que foi e que é a Paróquia de Nossa Senhora de Fátima, do Bairro São Bernardo, de União da Vitória, e que Maria, sob o título de N. Sra. de Fátima abençoe a todos.

Notícias da Paróquia

Semana Teológica encerra-se neste sábado

Termina neste sábado, ao meio dia, a…

Frei Bruno Glaab explica o Livro do Apocalipse

Reunido com o clero da Diocese, dos…

Valdemir é ordenado Diácono Permanente em União da Vitória

Natural de Marechal Floriano, do…

Infância Missionária realiza Congresso em União da Vitória

No dia 08 de outubro aconteceu na…

‘Semana Teológica’ reúne católicos e luteranos para estudo em comum

Todo ano, a Diocese de União da Vitória…

Momento Ecumênico será celebrado em ‘Semana Teológica’

Todo ano, a Diocese de União da Vitória…