Paróquia Nossa Senhora de Fátima

SETOR
Catedral

Fundação:
18/02/1973

Secretária:
Paula Majolo

Expediente:
Segunda a sexta-feira: 8h30 às 11h30 e 13h30 às 17h30
Sábado: 8h30 às 11h30

Dia do Padroeiro:
13 de maio

TELEFONE
(42) 3523 3060

E-mail:
par.fatima@dioceseunivitoria.org.br

Endereço:
Rua Frei Policarpo, 1472  – Bairro São Bernardo
84600­-408 – UNIÃO DA VITÓRIA –  PR

Missas:
Segunda-feira, quarta e sexta e sábado: 19h
Domingo: 9h e às 19h

Pe. Iomar

Pároco: Pe. Iomar Otto

SACRAMENTOS

Curso de Pais e Padrinhos: Todo terceiro domingo (a cada dois meses) na missa das 9h.

Batizados, Primeira Eucaristia e Crismas: Consulte a paróquia.

Histórico

Em fins de 1960, D. Antonio Mazzaroto, Bispo Diocesano de Ponta Grossa, mandou adquirir um terreno no então bairro das Casas Populares, devendo ser construída uma capela em honra a Nossa Senhora de Fátima e São Bernardo. No dia 24 de setembro de 1961, foi lançada a pedra fundamental da futura capela.

Criação e instalação da paróquia

Tendo sido construída a capela e formada a comunidade através das Missões Populares, etc… pelo Decreto nº 61 de D. Geraldo Micheletto Pellanda, Bispo Diocesano de Ponta Grossa, foi criada, no dia 11 de janeiro de 1973, a Paróquia Nossa Senhora de Fátima de União da Vitória, desmembrada do território da Paróquia Sagrado Coração de Jesus, hoje Catedral.

A instalação da nova Paróquia e a tomada de posse do primeiro vigário (Pároco) deu-se no dia 11 de fevereiro de 1973, napresença de D. Geraldo, Bispo Diocesano. O vigário foi o Pe. Ladislau Maibuk, vindo da Paróquia Sagrado Coração de Jesus, que com empenho dedicou-se em providenciar a Casa Canônica e dependências, notando-se desde cedo a carência de recursos da Paróquia e a conseqüente necessidade de redefinição de territórios.

Com a morte do Pe. Ladislau em 05 de janeiro de 1976, o Bispo Diocesano designou o Pe. Estevão Hubert para atender a Paróquia, sendo nomeado vigário definitivamente em 12 de fevereiro do mesmo ano. Foi trabalhado de modo incansável nesse período. Pároco e leigos, com dedicação singular organizaram a Paróquia material e espiritualmente. Quando em 1976, foi criada a Diocese de União da Vitória, a Paróquia Nossa Senhora de Fátima estava em plena atividade, em todos os sentidos.

Construiu-se nesse período o majestoso salão paroquial, que até hoje serve a Paróquia. Pe. Estevão investiu muito na formação dos paroquianos, MECEs, catequistas, jovens, zeladores/as de capelinhas, etc.

Em outubro de 1979, realizou-se a 1ª visita pastoral do Bispo D. Walter à Paróquia, e o Pe. Estevão continuou à frente da comunidade até o dia 27 de dezembro de 1981.

Nova época para a paróquia

No dia 01 de janeiro de 1982 iniciou-se a nova época para a Paróquia Nossa Senhora de Fátima. Assumiu com vigário o Pe. Abel Zastawny que ficaria no cargo por vinte anos. A maneira de conduzir os trabalhos, naturalmente, seria outra. Estando materialmente equipada, a tônica da paróquia poderia endereçar-se mais ao atendimento dos fiéis. O restante se restringiu mais à conservação. Caiu em desuso o costume de fazer festas. As promoções se restringiam a jantares ou almoços. A ênfase estava na Pastoral do Dízimo. Sendo as celebrações bem participadas, não se tinha grandes dificuldades para manter financeiramente a Paróquia.

Uma vez que o Pe. Abel ausentou-se por dois anos, a fim de realizar seus estudos superioes em Roma, o Pe. Aquiles Ramos Berton, assumiu a Paróquia desde o dia 14 de agosto de 1983 até o dia 31 de julho de 1985. Merece especial destaque nesse período, a compra de um terreno, dentro dos limites da Paróquia, a fim de futuramente construir uma nova Igreja, que teria como padroeiro: São Judas Tadeu.

A construção da Capela São Judas Tadeu, porém, foi iniciada bem mais tarde, quando voltou de Roma, assim como a casa paroquial, tendo em vista que logo, quando possível, seria desmembrada da Paróquia para também ela ser elevada a essa categoria; o que ocorreu quando o Pe. Abel deixou o cargo de pároco da paróquia Nossa Senhora de Fátima no dia 29 de dezembro de 2001, assumindo no dia seguinte a recém criada Paróquia São Judas Tadeu, desmembrada na maior parte da Paróquia Nossa Senhora de Fátima.

Pároco atual

No dia 29 de dezembro de 2001 assumiu o cargo de Pároco da Paróquia Nossa Senhora de Fátima, o Pe. Mário Fernando Glaab, que continua até hoje.

Ele encontrou a comunidade em andamento. Com mais uma Paróquia na cidade, e como esta fora composta territorialmente em grande parte da Paróquia N. Sra. de Fátima, exigiu-se uma remodelação das atividades ordinárias. O povo ficou dividido e diminuído com lacunas até nas lideranças do povo em geral, muitos deixaram de freqüentar a Paróquia de origem. As coisas se cumplicaram até financeiramente. A CAF, diante da situação, viu a necessidade de organizar novas atividades para angariar fundos. Foi necessário até a diminuição de funcionários, onerando mais a cozinheira e o pároco.

Destaques

São dignos de menção alguns acontecimentos e algumas pessoas da Paróquia.

– Primeiramente, destacamos que grande parte do território da paróquia está em área de risco, próximo ao Rio Iguaçu, e bem conhecemos as conseqüências nefastas que uma enchente sempre provoca, prejudicando as residências das pessoas, além de espalha-las pela cidade afora. Todo andamento da Paróquia é prejudicado e alterado. Para dar um exemplo, a matriz e a casa paroquial ficaram alagadas duas vezes, nas grandes enchentes; várias vezes ficaram ilhadas.

– Em segundo lugar, existem algumas pessoas que fizeram e ainda fazem história com e na Paróquia. Destaca-se especialmente o Sr. Germano Klein que foi presidente da mesma por somente 33 anos! É até hoje uma presença honrada entre os mais jovens. A Dona Gentil Schroh, juntamente com sua equipe de senhoras, é outra pessoa que caracteriza o Bairro São Bernardo. Sua dedicação e capacidades são simplesmente admiráveis. Na catequese temos um grupo de catequistas muito bom, e entre os destaques indiscutíveis temos a Sra. Áurea e não é justo esquecer os venerandos Demétrio Mitzko, Elisário Marques e a Dona Rosália Bordignon que, como MECEs, fizeram e fazem história.

A lista poderia se estender se fizéssemos nomear as contribuições de todos, mas não vem ao caso citá-los todos aqui. Cabe-nos a incontida gratidão pelos paroquianos de ontem e de hoje.

E não podemos deixar de citar a Ordenação Diaconal de um de seus membros no dia 06 de agosto de 1999. Nesse dia, Marcos Antonio Benvenutti, em uma concorrida missa, diante de seus familiares e numerosos padres, foi ordenado Diácono Permanente, estando desde então sempre disposto para ajudar o Pároco naquilo que está ao seu alcance.

Que Deus seja louvado por tudo de bom que foi e que é a Paróquia de Nossa Senhora de Fátima, do Bairro São Bernardo, de União da Vitória, e que Maria, sob o título de N. Sra. de Fátima abençoe a todos.

Notícias