Igreja Católica Apostólica Romana

Paróquia São Cristóvão e Nossa Senhora da Salette

SETOR
Sagrada Família

Fundação:
19/03/1956

Missionários Saletinos

Secretária:
Silvana

Expediente:
Segunda-feira: 13h30 às 17h30
Terça a sexta-feira: 8h às 12h e 13h30 às 17h30.
Sábado: 8h às 12h.

Dia do Padroeiro:
24 de julho

TELEFONE
(42) 3524 2284
(42) 3524 4767

E-mail:
par.salette@dioceseunivitoria.org.br

Endereço:
Rua Papa João XXIII, 257 – Bairro Salette
Caixa Postal 277
84603­-179 – UNIÃO DA VITÓRIA – PR

Missas:
Sábado: às 19h
Domingo: 8h30 às 19h30
Quarta-feira: Missa e Novena do Perpétuo Socorro às 15h
Primeira sexta-feira do mês: às 15h

Pe Alfredo Celestrino dos Santos

Pároco: Pe. Alfredo Celestrino dos Santos

Pe. Clorálio Caime

Vigário Paroquial: Clorálio Caimi

SACRAMENTOS

Curso de Pais e Padrinhos: Primeiro sábado do mês das 14h às 16h30.

Batizados: Todo último sábado do mês, na missa das 19h.

Primeira Eucaristia e Crismas: Consulte a paróquia.

Histórico

Os Missionários de N.Sra. da Salette, no Estado do Paraná, iniciaram com a fundação da obra saletina em União da Vitória, decidida pelo Conselho Provincial, em 15 de maio de 1954. Estabelecidas as conversações e depois dos trâmites canônicos legais com o Bispo de Ponta Grossa, de cuja Diocese dependia a região, o Superior Provincial, Pe. Francisco Amos Connor M.S., com o apoio de seu Conselho, encaminhou o Pe. José Junior Vicente M.S., 2º Conselheiro Provincial, para naquele mesmo ano, sondar o local e encaminhar a compra da área necessária para, as finalidades previstas.

Um terreno amplo, situado no Bairro São Cristóvão, foi adquirido. Sobre ele se construiu uma casa de madeira de dois andares com uma capela interna, para abrigar, provisoriamente a sede do Noviciado. A Capela, em seguida, acolheu também o povo do Bairro, para as Celebrações. Aí, nas férias, passavam alguns Escolásticos para ajudarem na organização das futuras instalações do Noviciado, que era o escopo principal da Província.

O Decreto da fundação da Paróquia data de 19 de março de 1956. A Paróquia, sob o título de São Cristóvão e N.Sra. da Salette, desmembrada da única da cidade, recebeu sua nova Matriz. Era formada de um território imenso que, além de União da Vitória, abrangia também Porto Vitória e Paula Freitas, numa área de 715 Km2, com mais de 18 mil habitantes.

A população era constituída, em sua maioria, por poloneses, ucranianos, alemães e italianos. O povo era pobre, de classe operária e de pequenos agricultores. O Bairro era pantanoso e alagadiço, como toda a região às margens do Rio Iguaçu. O interior do território, montanhoso, era de difícil acesso, o que exigia longas e penosas viagens pastorais para atender as comunidades rurais. Carroça, cavalo, bicicleta, mais o trêm, eram os meios populares de transporte.

O primeiro Pároco de São Cristóvão foi Pe. Francisco Xavier Hoégger M.S., nomeado em 1956, por ocasião da criação da Paróquia. Entregou-se de corpo e alma ao bem da Comunidade Paroquial. Não foi fácil para o Pe. Xavier acostumar-se à esta região ainda inculta de São Cristóvão, também pelo fato de provir da Suiça, país ultra desenvolvido do primeiro mundo. Entre outros méritos, mereceu o título de Cidadão Honorário de União da Vitória. Depois de longos anos de um pastoreio fecundo desta Comunidade, além de ter sido o confessor ordinário de Sua Excelência o atual Bispo Diocesano de União da Vitória, Dom Walter Michael Ebejer, faleceu em Curitiba em 19 de fevereiro de 1994. Em sinal de reconhecimento do povo da Paróquia, foi sepultado no Cemitério do Bairro São Cristóvão, em União da Vitória.

No início dos anos 1970, foram demolidas a primitiva sede da Paróquia e a Matriz, para dar lugar a um novo templo, ao salão e demais espaços para as atividades paroquiais.

Com a instalação da Diocese de União da Vitória, a 06 de março de 1977, sendo seu primeiro Bispo titular, Dom Walter Michael Ebejer, o território da Paróquia foi subdividido em 4 Paróquias: de São Cristóvão – Bairro São Cristóvão (da Sagrada Família), de Porto Vitória (São Miguel Arcanjo), e de Paula Freitas (São Carlos Borromeu) e assim, a Paróquia original foi reduzida a uma área de 240 Km2. Com uma população estimada em mais de 8 mil habitantes. No decorrer dos anos, porém, o Bairro São Cristóvão se tornou densamente povoado, contando, hoje, com uma cifra de 20.000 habitantes.

Do ponto de vista pastoral, a Paróquia evoluiu no ritmo da Igreja do Brasil. Inicialmente viveu o período anterior ao Concílio Vaticano II, para em seguida, adaptar-se às normas do Concílio, desenvolvendo uma pastoral evangelizadora, libertadora, com adequado espaço para a atuação dos Leigos.

Presentes no Brasil desde 1957, as Irmãs de Nossa Senhora da Salette também se instalaram no Bairro São Cristóvão, nas adjacências da paróquia.

 

 

Notícias da Paróquia