Igreja Católica Apostólica Romana

Paróquia São Pedro Apóstolo

SETOR
Rio Azul

Fundação:
15/08/1951

Secretária:
Íria

Expediente:
Segunda a sexta feira: 7h30 às 11h30 e 13h às 17h
Sábado: 7h30 às 11h30

Dia do Padroeiro:
29 de junho

TELEFONE
(42) 3542 1208

E-mail:
par.pedro@dioceseunivitoria.org.br

Endereço:
Rua Marechal Floriano Peixoto, 179
84570-000 – MALLET – PR

Missas:
Quarta-feira: 19h
Sábado: 19h
Domingo: 9h
Primeira sexta-feira do mês: 15h e 19h

Pe. Franciszek

Pároco: Pe. Francisco Adamczyk

SACRAMENTOS

Curso de Pais e Padrinhos: Cada segundo mês, no primeiro domingo, 8h às 12h.

Batizados: Normalmente segundo e quarto domingo do mês.

Primeira Eucaristia e Crismas: Consulte a paróquia.

Histórico

A história da Paróquia São Pedro, de Mallet, está ligada à da Paróquia de Rio Claro do Sul, a qual pertenceu até o ano de 1951. Atendendo à solicitação de fiéis e sacerdotes, resolveu-se criar a nova paróquia, de acordo com as disposições contidas no decreto nº 25 de 15/08/51, que foi assinado pelo Exmo. Revmo. Sr. Dom Antonio Mazzarotto, Bispo Diocesano de Ponta Grossa, da qual fizemos parte até dezembro de 1976, quando se criou a nova Diocese de União da Vitória.

O Pe. Sigismundo Piotrowski CM, o primeiro da recém-formada Paróquia, foi também o Coordenador das primeiras obras da Matriz. A antiga Igreja era de madeira.

Em setembro de 1949, foram iniciados os alicerces da nova Igreja que se tornaria Matriz. Vale ressaltar que, por meio de um livro de ouro, juntamente com as festividades de São Pedro do ano de 1949, arrecadou-se a expressiva soma de 40 contos de réis. Em dezembro deste mesmo ano, durante a festa da Imaculada Conceição, o Pe. Segismundo benzia solenemente a pedra fundamental da nova Igreja em construção.

Em janeiro de 1954, Pe. Sigismundo despede-se; deixando a construção adiantada. Chega para sucedê-lo o Pe. João Pawlik CM. Nesta época criou-se a primeira diretoria da Matriz.

Do dia 31/07 ao dia 17/08/1954, a paróquia foi agraciada com a visita da Imagem de Nossa Senhora de Fátima, vinda de Portugal.

No dia 03/01/1956, Pe. Antonio Myskka CM, o novo Pároco, continuou as obras de construção.

No dia 14/09/1958, com grande júbilo e com a presença de autoridades, de escolas e de grande multidão de fiéis, foram colocados solenemente os sinos na torre da Matriz.

Em 27/01/1959, Pe. Antonio se despede e volta para a paróquia o Pe. João Pawlik CM. Nesta segunda estada, ele honrou a comunidade com a sua festa de 25 anos de seu sacerdócio, celebrada no dia 13/06/1959, com a presença de toda a Assembléia e de doze sacerdotes vindos de outros lugares. O Pe. João despede-se novamente em 04/02/1960 com a chegada do Pe. Francisco Maszner CM que fica conosco até 05/12/1962, quando retorna novamente o Pe. João Pawilik CM. Ressaltamos que Pe. João foi o último dos padres Missionários (CM) que pastoreou na paróquia, despedindo-se em 11/05/1964.

Neste mesmo dia a Paróquia é assumida pelos Padres Salvatorianos poloneses e o Pe. Matias Podsiadlo SDS, foi o primeiro desta Congregação. Trabalharam ainda como Párocos nesta Paróquia os seguintes Padres:

 Pe. Albino Stefanczy SDS;

 Pe. Jaime Kreptowski SDS;

 Pe. Joaquim Wiezik SDS;

Em setembro de 1964 a Matriz recebeu energia elétrica, colocando em funcionamento 20 lâmpadas fluorescentes.

A partir do ano de 1967, a Paróquia é assumida pelos Padres da Sociedade de Cristo para Emigrantes Poloneses. O primeiro desta Congregação a trabalhar aqui foi o Pe. Sigismundo Szwaikewicz Schr; ficou conosco até 30/01/1970. Na sua regência foi adquirido o primeiro veículo para servir a Paróquia pois, até esta data, os deslocamentos para as comunidades e Capelas eram feitos por um veículo contratado. Também, em 29/08/1969, um grande incêndio destruiu a casa Paroquial.

O Pe. Aloísio Laiman Schr, que até 30/01/1970 era Padre coadjutor, é nomeado Pároco e começa a construir a nova Casa Paroquial. Durante a sua permanência, no dia 31/051970, realizou-se a primeira procissão de Corpus Christi, com a participação das comunidades de São Pedro do Rito Latino e da comunidade Sagrado Coração de Jesus do Rito Ucraniano.

A partir de 19/02/1972, trabalhou na comunidade o Pe. Witoldo Jasionowski Schr, que permaneceu um curto período, visto que precisou viajar para a Polônia.

No dia 25/02/1973, chega o Pe. Estevão Bulawski, Schr, dando continuidade aos trabalhos pastorais e obras como pintura e envernizamento dos bancos e altares. Ele despede-se em 02/07/1975 e a comunidade fica cinco meses sendo pastoreada pelo Revmo. Pe. Frei Efrem Frankem, FMM, vindo de União da Vitória, da Congregação dos Frades Menores Missionários.

Em 30/11/1975, a Paróquia recebe o Pe. Gerald Pilich, Schr, que ficaria na comunidade até o dia 15/01/1984. Muitíssimo dinâmico e criativo, foi encorajador de atividades pastorais e sociais.

Em junho de 1976, durante a festa de São Pedro, realizou-se a primeira benção de carros (123 veículos motorizados). No mesmo ano, a Paróquia realizava as festividades alusivas ao Jubileu de Prata. Realizou-se uma semana de pregações, barraquinhas e uma grande festa que contou com a presença de Dom Geraldo Micheletto Pellanda, CP, Bispo Diocesano de Ponta Grossa, antigos Vigários e demais autoridades.

No dia 06/03/1977, Pe. Geraldo e a comunidade fizeram-se presentes em um momento histórico que marcou a Paróquia. Era a Ordenação Episcopal e Instalação da Nova Diocese de União da Vitória e também tomada de posse do Primeiro Bispo Diocesano, Dom Walter Michael Ebejer OP.

Em dezembro de 1977, é Ordenado solenemente o primeiro Sacerdote da Diocese de União da Vitória, o Pe. Levi Godoy (Diocesano), filho da Paróquia.

Notícias da Paróquia