Igreja Católica Apostólica Romana

Card. Baldisseri: “Estamos aqui para ouvir os jovens”

De 19 a 24 de março, na reunião que precede a Assembleia Sinodal sobre a Juventude, participarão também três mulheres vítimas de tráfico humano. Documento final do encontro será entregue ao Papa no dia 25 de março.
 

Cristiane Murray – Cidade do Vaticano

Jovens de todo o mundo virão a Roma de 19 a 24 de março para participar da reunião pré-sinodal que antecede o Sínodo dos Bispos do próximo mês de outubro, no Vaticano.

“Serão 315 jovens dos cinco continentes e deverão ser ouvidos”, anunciou o Cardeal Lorenzo Baldisseri, responsável pela Secretaria do Sínodo.

Objetivos da reunião pré-sinodal

A intenção é saber o que pensam de si mesmos e dos adultos; como vivem a fé e que dificuldades encontram sendo cristãos, como programam suas vidas e que problemas encontram no discernimento de sua vocação, como veem a Igreja hoje e como gostariam que fosse.

A fim de envolver ao máximo os jovens, todos estão convidados a se unir virtualmente através das redes sociais contribuindo com a sua opinião para que os frutos da reunião sejam o expressão real de todo o mundo juvenil.A Secretaria para o Sínodo já recebeu 221 mil respostas ao questionário ‘on line’ de preparação à Assembleia.  

Ouça aqui o Cardeal Lorenzo Baldisseri:

“Os jovens serão os protagonistas diretos e não intermediários. Representarão Conferências Episcopais, Igrejas Orientais, associações, movimentos, e também os que estão longe, como organizações ligadas ao esporte, à arte, à política, à economia, à desabilidade. Queremos uma ampla representação de jovens”.

“Queremos ver como eles podem nos ajudar, como Igreja, a fazer um trabalho pastoral adequado. Estamos num tempo difícil”.

“ Não se trata tanto de dar a fé – que é fundamental – mas como dar esta fé em Jesus. Quais são os melhores meios para que nós possamos atingir e tocar os jovens de hoje ”

“Todo este trabalho nós queremos que seja feito antes da Assembleia Sinodal. Inventamos esta fórmula, de convocar em Roma, por uma semana, os representantes de jovens para que eles falem. Nós estamos aqui para escutar. Eles devem nos fazer sugestões, dizer o que pensam, o que querem, de maneira que os padres sinodais, em outubro, tenham uma base sobre a qual refletir e fazer um trabalho pastoral a se apresentar a todo o mundo, sobretudo com respeito por aqueles que não estão na Igreja, mas fora dela, para o bem da sociedade e da humanidade”.

Confira o video-convite

 

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

*