Igreja Católica Apostólica Romana

Paróquia Senhor Bom Jesus

SETOR
Rio Azul

Fundação:
21/04/1946

Secretária:
Márcia           

Expediente:
Segunda a sexta-feira: 8h às 11h e 13h às 17h
Sábado: 8h às 11h

Dia do Padroeiro:
6 de agosto

TELEFONE
(42) 3457 1221

E-mail:
par.bomjesus@dioceseunivitoria.org.br

Endereço:
Rua Clara Barbosa da Costa. 207
Caixa Postal 14
84550-000 – REBOUÇAS – PR

Missas:
Todos os dias da semana: 19h
Domingo: 8h e 19h
Quarta-feira: 15h30 e 19h

Pe. Alcione

Pároco: Pe. Alcione Zanin

 

SACRAMENTOS

Curso de Pais e Padrinhos: A cada três meses (primeiro em março de 2018)

Batizados: Um por mês (Matriz)

Curso para noivos: Abril e outubro de 2018

Primeira Eucaristia e Crismas: Consulte a paróquia.

Histórico

Até o início do ano de 1946, os fiéis católicos da cidade de Rebouças, eram atendidos pela Paróquia de Rio Azul.

A partir de 21 de abril de 1946, pelo Decreto nº XVI, de Do

m Antônio Mazzarotto, Bispo Diocesano de Ponta Grossa, foi fundada a Paróquia do Senhor Bom Jesus, nesta cidade, tendo como sede uma construção de madeira, que fora realizada no ano de 1944, no centro da cidade, no local onde hoje está instalado o Posto Mayrink.

Mais tarde, essa igreja foi demolida e reconstruída no local onde hoje está a Matriz. Era uma igreja bonita, um pouco maior, de madeira, mas que era suficiente para as realizações das cerimônias religiosas e festivas.

O primeiro vigário designado pelo Senhor Bispo foi o Padre Francisco Salache a quem coube organizar e acompanhar esta nova Paróquia, bem como instalar nas comunidades capelas, com suas respectivas diretorias.

Permaneceu nesta paróquia até a data de 18 de agosto de 1951, quando foi transferido para Foz do Iguaçu e em seu lugar foi nomeado o Padre Francisco Filipak que dirigiu esta comunidade por pouco tempo sendo substituído pelo Padre Tobias Antônio Borriero.

Em 11 de fevereiro de 1952, assumiu esta Paróquia o Padre Pedro Guerra que permaneceu neste local até 11 de fevereiro de 1963, data em que foi designado para o cargo de professor no Seminário Diocesano de Ponta Grossa, onde ficou até o seu falecimento.

Vale lembrar que durante o seu mandato canônico o Padre Pedro Guerra comandou a construção da nossa Matriz, em alvenaria, em substituição àquela de madeira. Neste espaço de tempo da construção as missas e cerimônias religiosas eram realizadas num barracão da extinta Cooperativa de Produtores de Erva Mate, à rua Estefano Biela Kafka.

Na época da construção, o trabalho foi árduo e difícil, uma vez que não havia, neste município, maquinários apropriados para a tarefa. O trabalho foi manual e com tração animal sendo acompanhado pelo engenheiro da extinta RFFSA que residia nesta cidade.

Certamente todos que trabalharam nesta obra e os habitantes da comunidade ficaram satisfeitos com a Igreja Matriz, recém construída, e até hoje bem conservada, acolhedora e bonita.

A partir de 10 de fevereiro de 1963, assumiu a Paróquia o Padre Teófilo Feierabend, permanecendo aqui até o seu passamento em 30 de dezembro de 2001.

Durante o seu mandato e contando com sua influência na obtenção de recursos foram construídos os salões de festas com a ajuda de comunidades alemãs.

A atual Casa Paroquial com dois pavimentos foi construída durante o mandato do Pe. Hélio Fronczak, como também os inícios do Salão Paroquial.

A conclusão do salão de festas deu-se durante o mandato do Padre Alcione Zanin, que utilizando o sistema de mutirão pôde concluir a obra com o auxílio dos paroquianos e de todas as comunidades do interior.

Também atuaram como vigários nesta Paróquia os Padres José Chipanski, Hélio Fronczak, José Kalsing, Walter Luís Schwab, Alcione Zanin (pároco atual).

Na Paróquia do Senhor Bom Jesus há 22 capelas situadas no interior do município, todas com sua diretoria e muito bem zeladas pelos habitantes da comunidade. Nestas capelas, anualmente, por ocasião do aniversário de seu padroeiro são realizadas festas com grande fluxo de pessoas ao local. Durante estas festividades os visitantes são muito bem recebidos e têm um atendimento especial com um ótimo cardápio, além de participarem de promoções com sorteios de carros e outros brindes.

Na sede do município, além da Matriz, há o Santuário Santo Antônio, a capela de Santa Clara, recém-inaugurada, e a capela de Todos os Santos que se encontra em fase final de acabamento.

Com relação às festas realizadas na sede do município, a que acontece no Santuário Santo Antônio merece maior destaque por receber um grande número de participantes. As festas que são realizadas na Matriz, como a de São Sebastião e de São Cristóvão e a do seu padroeiro são de grande aceitação pelos fiéis, isto devido ao excelente atendimento da comissão organizadora e ao salão de festas que oferece conforto, segurança e um bom cardápio aos festeiros que participam do evento.

Há na Paróquia movimentos como o Apostolado da Oração, que agrega o maior número de fiéis participantes do município, Cursilho, Renovação Carismática, Focolares e Pastorais com a Pastoral do Batismo, da Criança, do Dízimo e a Pastoral Vocacional que sob a direção da Alair Cruz realiza um excelente trabalho uma vez que Rebouças contribuiu para a ordenação de quatro sacerdotes e conta com mais seminaristas em União da Vitória, além das religiosas que já prestaram seus votos.

Enaltecemos também o trabalho dos catequistas que, com boa vontade e desprendimento, dedicam-se à catequese de nossas crianças e jovens.

 

(Este texto foi redigido pelo MECE ULISSES KRÓL, consultando o livro TOMBO e moradores da nossa cidade).

Notícias da Paróquia