Igreja Católica Apostólica Romana

Professor de Francisco Beltrão compõe poema a Dom Agenor

Após um mês de seu falecimento, por meio de homenagens a lembrança de Dom Agenor permanece viva.

Professor de Educação Física e escritor e poemas religiosos, Moacir Personal, conheceu Dom Agenor por meio do ambiente do rádio, em Francisco Beltrão – PR. Moacir conta que toda sexta-feira se encontrava com Agenor, na época padre, no ambiente de trabalho, e sempre tinham boas conversas. “Meu programa na rádio era logo depois do programa dele, e sempre conversávamos sobre seus artigos que escrevia para o Jornal de Beltrão, além das coisas da vida”, diz Personal. 

Moacir Personal. (Foto: Arquivo Pessoal).

No pouco tempo que conversava com o padre Agenor, Moacir sentia-se realizado, por perceber nele a presença de Deus. “Em muitos momentos pedia conselhos a ele. Conversávamos às vezes apenas dez minutos, mas valiam mais que do que uma hora de prosa”, expressa.

Além de conhecer pessoalmente o jeito simples de ser de Dom Agenor, Moacir testemunha relatos de outras pessoas sobre a grande devoção Mariana que o bispo alimentava. “Soube que até nos últimos momentos de sua vida rezava a oração da Ave-Maria, e que em seu diário, alguns escritos eram verdadeira conversas íntimas com Jesus e Maria como se estivesse falando cara a cara com eles, isso me marcou muito”, testemunhou.

Por esse afeto tão grande à pessoa de Dom Agenor, e sendo admirador de poemas que falam da fé e da religião, Moacir compôs um poema em homenagem à Dom Agenor, citando traços de sua personalidade e vivência vocacional.

Poema em áudio. Autoria: Moacir Personal – Francisco Beltrão – PR.

.

Texto: Marcelo S. de Lara
Setor de Comunicação

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

*