Igreja Católica Apostólica Romana

O rio rebelde

(Música e Letra: Padre Emílio)

Letra:

Era uma vez um rio que ouviu falar
Que seu destino estava escrito, ele tinha que ir pro mar
Só que o mar estava ao Leste
E ele era um desbravador, queria ir para o Oeste

         “Quem disse que eu tenho que ser como os outros?
         Eu quero fazer meu caminho!
         Pode me chamar de rebelde
         Mas eu não estou sozinho!”

Ele então abandonou segurança e comodidade
Conheceu terras novas, passou por muitas cidades
Acalmou conflitos, produziu energia
Não escapou da poluição, que o castiga todo o dia

Quando chegou sua hora, despediu-se com uma serenata
Se entregou de corpo e alma numa linda catarata
Mas a grande ironia agora eu vou contar:
No fim da história, ele chegou ao mar

         Talvez não seja tão ruim ser como os outros
         Talvez não seja tão ruim ter um destino
         Pode me chamar de rebelde
         Mas eu não estou sozinho!”

Fonte: OLYMPUS DIGITAL CAMERA

—————————————————-

Óculos:

Essa canção é sobre o Rio Iguaçu. Diz-se que “todo rio corre para o mar”, mas ele, embora nasça a poucos quilômetros do Oceano, corre na direção oposta, recebendo, assim o título de “rebelde”. Os conflitos acalmados se referem ao fato de ele servir, em alguns trechos, de limites entre estados (Paraná e Santa Catarina) e até países (Brasil e Argentina). A produção de energia vinda das 5 usinas hidrelétricas (Foz do Areia, Segredo, Salto Santiago, Salto Osório e Salto Caxias) passa de 6.500 Megawatts, mas mesmo assim, ele foi considerado, em 2008, o segundo rio mais poluído do país! A sua despedida se dá numa das maiores maravilhas do planeta: as Cataratas do Iguaçu. No final, a constatação irônica de que, embora tenha fugido do estereótipo, ele acaba desaguando no mesmo lugar dos outros. No refrão ele diz que “eu não estou sozinho”, porque vários outros rios também correm na direção contrária ao mar.

Pontes:

Essa canção nos faz pensar nas pessoas que não se conformam com imposições. É verdade que, em alguns casos, isso reflete uma arrogância disfarçada, que considera uma ofensa ser igual aos outros, mas, em muitos casos, é uma busca pela autêntica identidade, sem se deixar moldar pelo que os outros esperam.

A palavra “rebelde” significa, em Latim, “aquele que luta contra”. Pergunte a si mesmo: contra o que eu me rebelo? Aceito tudo passivamente? Questiono a mim mesmo? Aceito que outros o façam? É comum encontrar pessoas que questionam tudo e todos, menos a si mesmas, e não aceitam ser questionadas, mostrando sua arrogância e falta de sabedoria.

Na Bíblia, a rebelião, em si, é vista como algo negativo quando direcionada a Deus, pois foi ela que causou não só a queda da Humanidade (Gn 3) como a corrupção de um anjo em demônio (Ap 12, 7). É nesse sentido que “quem ama a rebelião, ama o delito” (Pr 17, 19), pois, sendo Deus o princípio de ordem e paz, rebelar-se contra Ele é cair no caos e na frustração. Mas, essa rebeldia é boa quando se dirige ao mal, como fizeram Moisés, combatendo o Faraó opressor (Ex 5) os Profetas, em relação às injustiças de seu tempo, e o próprio Jesus, expulsando os vendilhões do Templo, e se rebelando contra aquela forma de religião opressora que eles praticavam (Jo 2, 14).

Escadas:

Peçamos ao Senhor que nos dê a graça de nos rebelarmos na hora certa e contra as situações que não devem ser aceitas, ao mesmo tempo que aceitamos com tranquilidade Sua Autoridade e seguimos Seus caminhos. Que o elemento rebelde presente em nós seja direcionado corretamente, denunciando injustiças e lutando contra o mal em todas as suas formas. Amém.

Ouça a Canção:

 

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

*