Igreja Católica Apostólica Romana

Seminaristas da diocese participam de congresso missionário

"...o mais bonito é que saímos para evangelizar, e acabamos sendo evangelizados pelo povo de Deus, com suas histórias de vida, e sobretudo pela fé dessas pessoas”.

Entre os dias 10 e 15 de dezembro, a diocese de São José dos Pinhais – PR, sediou o primeiro Congresso Missionário de Seminaristas – Sulão, que teve a participação de 88 seminaristas dos estados de São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Representaram a diocese de União da Vitória os seminaristas Alex Gabrich, Diego Oliveira, Gustavo Santana e Jacksiel Cabral.

Dom Amilton, com padres e seminaristas, em frente a Catedral de São José dos Pinhais – PR

O Congresso teve como tema “O espírito do Senhor repousa sobre mim e me envia a anunciar aos pobres”, texto do Evangelho de (Lc 4,18).

Dom Esmeraldo Barreto de Farias, bispo auxiliar de São Luiz do Maranhão e presidente da Comissão Episcopal para a Ação Evangelizadora, se fez presente também no Congresso e enalteceu a opção preferencial da Igreja pelos pobres. “É missão de cada batizado anunciar o Evangelho aos pobres”, enfatizou dom Barreto.

Durante os dias da formação falou-se muito de uma Igreja em estado permanente de missão, sendo o Documento de Aparecida um dos conteúdos citados, além de se reforçar o pedido do papa Francisco para uma ‘Igreja em Saída’.

Citando também o Pontífice, o padre Antônio Niemec, secretário da Pontifícia União Missionária, destacou a definição que Francisco deu na sua Exortação Apostólica Evangelii Gaudium, “Missão é uma paixão por Jesus e simultaneamente uma paixão pelo seu povo” (E. G. § 268).

Seminaristas em 2017, atividade de missão com visita às famílias, nas comunidades, durante os dias do evento.

Além dos dias de formação, o Congresso proporcionou uma tarde de missão na comunidade Santa Rita de Cássia, uma capela localizada em São José dos Pinhais. No fim do Congresso estava claro o ardor missionário em cada seminarista, determinados a permanecer em missão, cada um em sua diocese. “No Congresso, assim como no pontificado do Papa Francisco, foram lançadas sementes, e os frutos para o bem da Igreja serão colhidos no futuro, conforme cada terreno for cultivado”, testemunhou Gustavo Santana, um dos seminaristas da Diocese de União da Vitória.

Seminaristas receberam de Dom Celso um crucifixo. Na foto, seminarista Diego Oliveira, de União da Vitória.

Para outro seminarista participante da Diocese, Diego Oliveira, os dias de encontro além dos conhecimentos adquiridos, também trouxeram a experiência de ser evangelizado. “O que marca é a pratica da missão. Ficamos dias conhecendo a teoria, e no fim pudemos praticar o que a missão nos pede. Mas o mais bonito é que saímos para evangelizar, e acabamos sendo evangelizados pelo povo de Deus, com suas histórias de vida, e sobretudo pela fé dessas pessoas”, testemunhou o seminarista.

Ainda segundo Diego, o evento auxiliou muito na sua caminhada vocacional e também como experiência de ação na sua comunidade. “Foi muito positivo participar do encontro, tanto para a minha caminhada vocacional, como para a comunidade, visto que tentaremos trabalhar com os demais seminaristas aquilo que aprendemos no congresso. Queremos semear o ardor missionário entre todos, sobretudo com os seminaristas, para que no processo formativo, o amor pela missão seja cultivado no coração dos futuros sacerdotes”, partilhou ele, retornando animado.

Postagem: Pascom Diocesana
Fotos: Facebook, COMISE Regional Sul 2

FOTOS

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.