Igreja Católica Apostólica Romana

Missa em Polonês na Catedral acontece neste domingo

Neste domingo, 15, os descentes de poloneses de União da Vitória, Porto União e cidades vizinhas celebram mais uma missa em língua polonesa. A celebração que é presidida pelo padre Ermildo Vicente Krasovski, da paróquia Sagrada Família de Nazaré, em União da Vitória, se dará às 15h, na igreja Catedral, em União da Vitória.

Uma das celebrações polonesas com a Bênção de Ramos, na capela lateral da igreja Catedral, em União da Vitória.

 

Além das celebrações diárias e nos finais de semana, a igreja Catedral acolhe também celebrações que são realizadas para descendentes de outras culturas. Além da Missa polonesa, que acontece todo mês, no 3º Domingo, às 15h, a igreja Catedral também acolhe os descendentes da língua alemã, que fazem sua celebração no 4º sábado de cada mês, também às 15h.

As celebrações polonesas, realizadas há três anos, são organizadas pela Associação Cultural Polska Brasiliana Karol Wojtyla, que existe desde 2008. As missas em polonês começaram na Matriz Nossa Senhora do Rocio, mas depois passaram a serem celebradas na igreja Catedral. Inicialmente começamos com missas na comunidade do Rocio, e mais tarde em 2016 mudamos para a Catedral devido a acessibilidade por ser na área central da cidade. Com isso temos uma maior participação de pessoas”, comenta Melania Koczyla, uma das organizadoras.

Membros da Associação Cultural Brasiliana Polska Karol Wojtyla, na capela lateral da Catedral. Ao fundo o Brasão da Polônia.

 

Nestes anos, diversos padres colaboraram presidindo as celebrações. O primeiro foi o padre Mariusz, que vinha de Santana, distrito de Cruz Machado. Depois, o padre Artur, da paróquia Nossa Senhora da Salette e São Cristóvão, de União da Vitória, passando ainda pelo padre Nelson Kovalski, que também vinha de Santana – Cruz Machado. Atualmente a missa é presidida pelo padre Ermildo Krasovski, que acompanha o grupo desde 2016.

Neste domingo, além da celebração, os poloneses também farão uma confraternização de natal partilhando de elementos da culinária típica do povo polaco. “Faremos uma confraternização natalina após a missa com partilha do oplatek (semelhante à hóstia) que é partilhada na ceia do natal nos lares dos poloneses. Teremos também para vender”, comenta Melania, estendendo o convite a quem desejar participar.

Alguns organizadores da missa polonesa. Junto ao quadro, de vermelho, Melania Koczyla. Ao seu lado, padre Ermildo Krasovski.

 

Sempre antes de cada missa, o grupo se reúne para repassar com a comunidade os cantos da celebração.

Setor de Comunicação
Diocese de União da Vitória

FOTOS DAS MISSAS

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.